Quando as varizes podem provocar a internação?

Para o desespero das mulheres, as varizes é um problema muito comum, muitas vezes, inevitável, que pode acabar prejudicando a qualidade de vida, já que seus sintomas podem ir do desconforto, até queimação, peso nas pernas e dores.

Para quem não está ligando o nome ao problema, varizes é quando há uma deficiência circulatória, impedindo o perfeito funcionamento das válvulas, fazendo com que as veias superficiais fiquem dilatadas e tortuosas, causando dores nas pernas e sensação de peso.

Embora, na maioria das vezes, um quadro de varizes não costume ser grave, em alguns casos, ele pode gerar complicações que levam à internação do paciente, e é exatamente sobre isso que vamos falar, quando o quadro de varizes torna necessária a internação. Confira.

Complicações de varizes que podem levar a internação

Antes de mais nada, é preciso deixar claro que, geralmente, as varizes, em si, não exigem internação, mas elas podem apresentar complicações, normalmente, após anos sem serem tratadas, então, nesse caso, podendo exigir uma internação urgente.

Dentre as complicações mais comuns, podemos citar a varicorragia, que é quando há o rompimento de uma variz com sangramento, ou mesmo, uma trombose venosa, como complicação de uma varicoflebite.

Segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), como as varizes são uma doença progressiva, elas costumam atingir estágios mais graves em cerca de 11% dos casos.

Outra complicação causada pelas varizes é um possível dano irreversível na região da pele afetada, descamação, ressecamento, dores, sensação de queimação, inchaço e até a possibilidade de surgirem feridas que podem demorar para cicatrizar.

Hábitos que devem ser evitados

E as complicações não param por aí, segundo o Ministério da Saúde, outras possíveis complicações são eczema, pigmentação e escurecimento da pele e úlceras.

A forma de prevenir essas complicações, no entanto, segundo o Ministério da Saúde, é através de algumas medidas, como evitar o tabagismo, o sedentarismo, o sobrepeso, a exposição da região afetada a altas temperaturas, traumas e lesões.

Infelizmente, há ainda alguns fatores de risco inevitáveis, sob os quais não podemos ter controle, como a hereditariedade, gravidez, idade e níveis hormonais.

Tratamento de varizes

Existem várias formas de tratar as varizes, cabe ao médico analisar cada caso e decidir a melhor opção, para cada caso.

Uma opção fácil, prática e segura é passar diariamente o creme para varizes Varizero, já foi comprovado que ele funciona e ajuda bastante. Para adquirir basta acessar o site oficial do Varizero e escolher um dos kits de tratamento disponíveis.

Dentre outras das melhores formas de tratar as varizes estão também medicações, meias de compressão e procedimentos cirúrgicos, além da indicação da perda de peso e da prática de exercícios físicos.

Enfim, para evitar complicações com varizes, o ideal é procurar a ajuda de um especialista assim que surgirem os primeiros sintomas, ou sinais, de varizes. Assim, o melhor tratamento poderá ser iniciado antes que o quadro se agrave, tendo ainda a chance de resultados satisfatórios e possibilitando a melhora da qualidade de vida.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *